Cuidados Com Gatos Brancos No Verão - Site

09 Feb 2018 23:38
Tags

Back to list of posts

Você sabia que os gatos brancos precisam de cuidados intensivos no verão? Assim como este nós humanos, os gatinhos de pelagem clara estão propensos a sofrer com os efeitos prejudiciais da radiação solar, já que a pele não detém pigmento bastante pra se salvar. Com a exibição solar, áreas como pontas de orelhas e nariz ficam avermelhadas, podendo haver coceira, feridas e perda de pelo na localidade.E no pior caso, há o desenvolvimento de câncer de pele. Como saber se o gato pode estar com câncer de pele? Observe se há vermelhidão, feridas, crostas, úlceras e sangramento. Pela presença de algum desses sintomas, leve muito rapidamente teu gato ao médico veterinário. Dependendo do tempo que se espera pra procurar ajuda de um profissional, há escolha de ter que fazer remoção das áreas mais afetadas, o que acontece normalmente com o nariz e pontas de orelhas. Não espere muito afim de transportar seu gato ao veterinário, pois em estágios mais avançados podes ser fatal.O técnico Lula, que havia sido alertado por Waldemar para as habilidades do menino, perguntou, sorridente: ‘Então você é o tal Pelé, hein? Neste momento estávamos esperando por ti. Dondinho- pai de Pelé - pediu para os jogadores tomarem conta do filho, e Vasconcelos, titular da camisa 10 que um dia seria glorificado pelo menino menor e tímido que chegava, agarrou Pelé pelo pescoço e respondeu: Poderá deixar!O craque das pernas finas e valentes, segundo descreveram repórteres da época, muito mais criativos que os cronistas atuais, voltou ao time, voltou a jogar, mas… sem deslumbrar. Perdeu, primeiro, pela comparação com ele mesmo. E depois, com quem o tinha substituído. Pelé. Teu corpo arqueado que tão bem tinha driblado as defesas do chamado "trio de ferro" paulistano antes da fratura, tendo como exemplo, no momento em que o Santos alçou o caneco paulista de 1955, neste momento não encontrava os espaços de outrora. Seus enganos não tinham a destreza de antes.Seu domínio não mais era tão admirável. Essa história neste instante a ouvimos muitas vezes, parece ser, inclusive e por comparação atual, a de Falcão García, o artilheiro colombiano que não faz os gols que fazia antes de tua grave lesão. Não é desse último Vasconcelos, articulador de 100 avanços em 90 minutos, que fala Pelé.Ele fala daquele outro, o anterior à fratura. Bem como há quem responda que nesses meses sem jogar foi no momento em que realmente o amarrou o vicio da bebida. Todos concordam que Vasconcelos nunca mais foi Vasconcelos e, para tua desgraça pessoal, Gasolina se transformou em Pelé. Os recortes, os websites, os arquivos, continuam contando o que Pepe, o ponta-esquerda do remate indefensável, descreveu a eles: "Vasconcelos ficou muito tempo parado e no momento em que voltou, inmensuráveis meses depois, não era mais o mesmo jogador. Não existiam os recursos que existem hoje. Ficou pouco tempo no Santos e se transferiu pro Jabaquara". Como não existiam as redes sociais e o correio não era produtivo como hoje nem o telefone fixo barato como é nesse século XXI, Vasconcelos se foi do Santos e levou com ele um livreto de endereços que jamais usou.Dessa maneira era assim. Os craques deixavam de se acompanhar, se perdiam os laços afetivos. Os clubes, as distâncias, as rivalidades e a infraestrutura pior que a atual os separavam para sempre. Mais ainda por esse Santos que não parava em moradia. Do Santos ao Jabaquara. Vasconcelos passou de ser ídolo em um clube agora relativamente considerável a ser mais um numa entidade menos prestigiosa.197 (Filler) "O campeonado fica emocionante!!" Os Quartos de Final 18 de Agosto de 1993101 15 "Areião" 13 de julho de 201626/09/2011 às 12:Dez9 de Junho de 1999Prisciliana alegou: 06/02/12 ás vinte e um:Vinte e quatrois?Ss80wDK6LRRzvRqtqad7AgwyiOBWX6b_mVeHbntc6u8&height=214 Isto, que afeta cada craque, afetou Vasconcelos. O mineiro que de imediato tinha experimentado a seleção nacional sentiu a transformação. Não que começasse a ingerir em vista disso, contudo começou a ingerir mais e não deixou de ingerir jamais… Quem oferece fé disso é o jornalista Paulo Roberto Martins, cujo relato bem como foi recolhido em ‘Que Término Levou? Já no Santos ele vivia bêbado.Em muitas ocasiões os jogadores do Santos foram buscá-lo em uma boate ou deitado em um banco de praça para ir jogar. Nem sequer todos os seus companheiros o entendiam. Diversos o criticavam. Sim, Vasconcelos era uma figura discutida em Santos pelo caso de ser alcoólatra e aqueles jogadores mais sérios acabaram se afastando".

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License